MÚSICA

A TRIBUTE TO FRANK ZAPPA

20.07 quinta, 21:30

Brass Factory

   

Uma homenagem ao grande músico norte-americano por elementos solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa.

 

Frank Zappa (1940-1993), compositor autodidata, cantor, produtor discográfico, desenhador, realizador e ativista, foi seguramente um génio musical do século XX. Ao longo de uma carreira de 30 anos, a sua obra inspirada maioritariamente pela música de Varèse, Stravinsky e Webern, assenta-se também no jazz moderno, na música freak de então. Caracterizada pelo virtuosismo musical, colagem musical, improvisação e experimentação sonora, há na sua música um constante apelo ao anticonformismo numa sátira da cultura norte-americana. Um Tributo a Frank Zappa revistará alguns momentos musicais de Zappa por solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa que se juntaram em 2011 para se apresentarem na 3.ª edição do Zappamundo - Festival Internacional de Música Frank Zappa. Desde então, têm percorrido diversos palcos interpretando a música deste notável compositor norte-americano.

Igor’s Boogie

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Oh No

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Montana

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Dirty Love

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Peaches in Regalia

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

The Idiot Bastard Son

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

The Black Page #1 e #2

Frank Zappa / arr. Marco Fernandes

 

Uncle Meat

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Mother People

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Absolutely Free

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

 

Zappa Medley

Frank Zappa / arr. Sérgio Charrinho

 

— Harry, You're a Beast

 

— The Orange County Lumber Truck

 

— T'Mershi Duween

 

— Dupree's Paradise

 

Purple Haze

Frank Zappa / arr. Lino Guerreiro

     

Brass Factory

Surgem em 2011 como Solistas da Metropolitana, para se apresentarem na 3.ª edição do Zappamundo – Festival Internacional de Música de Frank Zappa. Desde então, têm percorrido vários palcos apresentando a música de Frank Zappa. Em finais de 2016 adicionaram a guitarra à sua formação, criando assim uma sonoridade muito característica e pessoal, à semelhança dos coletivos que acompanharam Frank Zappa. Após vários concertos, surge o primeiro trabalho discográfico deste grupo, reunindo alguns dos melhores temas de Zappa, num disco de tributo cheio de ritmo e cor.


Sérgio Charrinho, trompete, 1.º solista da Orquestra Metropolitana de Lisboa e professor na Academia Nacional Superior de Orquestra;


Ricardo Carvalho, trompete, músico da Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana e freelancer nas principais orquestras portuguesas;


Rodrigo Carreira, trompa, freelancer nas principais orquestras portuguesas e professor na Escola de Música do Conservatório Nacional;


Reinaldo Guerreiro, trombone, freelancer nas principais orquestras portuguesas e diretor artístico da Orquestra de Câmara de Almada. É professor de trombone e orquestra na Academia Nacional Superior de Orquestra e Escola Profissional Metropolitana;


Adélio Carneiro, tuba, freelancer nas principais orquestras portuguesas e professor de tuba na Escola Superior de Música de Lisboa, Universidade do Minho e Escola Profissional Metropolitana;


José Dias, guitarra, professor na Academia de Música de Alcochete e membro do Quarteto de Guitarras de Lisboa, “Os Máquinistas” e “Novos Restelos”;


Marco Fernandes, bateria, freelancer nas principais orquestras portuguesas. É professor coordenador na Metropolitana e professor assistente convidado no Departamento de Música da Escola d’Artes da Universidade de Évora. Artista das marcas Innovative Percussion, Majestic Percussion e Zildjian Company.